Publicado em: 22/07/2019 17:45:10

Compartilhe Facebook Twitter

Pesquisa será o critério que o grupo Gadelha pretende usar na escolha de candidato em 2020 - Foto: reprodução
Foto: reprodução
A reunião do bloco de oposição ligado ao grupo Gadelha em Sousa-PB, não definiu muitas coisas ainda. O que se sabe é que eles estiveram reunidos na ultima sexta-feira (19) para iniciar uma possível caminhada rumo às eleições municipais de 2020.

Conforme informações repassadas ao Blog Ivandney Sena, a intenção é começar a avaliar os nomes que se apresentam como pretensos candidatos a prefeito nas próximas eleições usando o tradicional critério da pesquisa para aferir o nome que melhor pode representar o bloco.

Além dos quatro (04) vereadores de oposição na câmara, Caca Gadelha, Ananias Vieira, Flamarion Batista e Bruna Veras, a maior parte dos presentes ao evento, são ou tem forte ligação com o grupo Gadelha o que caracterizou a reunião em um evento “Gadelhista” e não de “oposição” como foi dito por alguns.


Entre as presenças registradas, estavam o ex-prefeito de Sousa-PB, André, os ex-deputados federais Marcondes e Leonardo e a advogada Myrian, todos do clã Gadelha capitaneando a formação principal do evento.

Outros membros da oposição como os ex-vereadores Dedé Veras, Toró e Renato Virgínio, além do advogado Claudio Diniz também marcaram presença.

De acordo com informação repassada ao Blog, o nome do ex-vereador e filho do ex-prefeito Salomão Gadelha, Lafayette, foi descartado da lista de possíveis pré-candidatos, já que a irmã Myrian é a bola da vez.


Um bom número de populares e lideranças comunitárias esteve participando da reunião que aconteceu nas dependências do hotal vó Ita na cidade de Sousa.

Por Ivandney Sena

Desenvolvido por 7S