Publicado em: 07/03/2018 00:40:57

Compartilhe Facebook Twitter

Paraíba: ex-prefeita é encaminhada a uma cela comum após ter pedido de prisão decretado - Fragrante da chega da ex-prefeita a unidade prisional (Foto: Walla Santos)
Fragrante da chega da ex-prefeita a unidade prisional (Foto: Walla Santos)
A ex-prefeita do município do Conde, Tatiana Correa, ficará detida no presídio Júlia Maranhão, em João Pessoa, porque não tem nível superior de educação. Já o ex-procurador do Município, Francisco Cavalcante Gomes, ficará no 5º Batalhão de Polícia Militar, no bairro do Valentina de Figueiredo, também na Capital.

A informação foi repassada ao CORREIO DA PARAÍBA pelo Coordenador Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco), Octávio Paulo Neto, logo após a audiência de custódia realizada na tarde desta terça (6).

A ex-prefeita e o ex-procurador do Município foram presos na manhã desta terça (6) numa operação do Ministério Público (MP), em parceria do Gaeco com o Grupo de Operações Especiais (GOE). Os gestores são apontados por lavagem de dinheiro e terem causado um prejuízo de R$ 620 mil ao Município.

O advogado da ex-prefeita, Rembrandt Asfora, disse que a defesa vai pedir o habeas corpus junto ao Tribunal de Justiça. Ele entende que não há elementos novos na investigação e que faz mais de um ano que a prefeita deixou o cargo eletivo, de modo que, segundo ele, não existe contemporaneidade entre os fatos da acusação e os elementos da prisão. “Ainda é cedo para falar em mérito já que ainda ocorre a fase de oferecimento da denúncia”, afirmou.

Do Portal Correio

7Software

Desenvolvido por 7S